Em 2013 conhecemos uma menina muito especial. Nascida em Moçambique, desde seu primeiro dia de vida teve que lutar para ter o direito à vida garantido. Isso porque ela nasceu albina, uma condição causada pela deficiência na produção de melanina. Pessoas com esse problema são muito brancas e, dependendo do grau, apresentam alterações até mesmo na cor dos olhos e dos cabelos. Isso é considerado um problema em algumas culturas africanas, sendo considerado uma maldição ou sinal de mau presságio. Muitas crianças são abandonadas logo após o nascimento.

Pensando na menina Kiluba, cujo nome significa ‘Flor Branca’, entendemos o quanto podemos fazer por esta e por tantas mulheres que desde cedo tem que batalhar pela sobrevivência. Seja a pobreza, discriminação ou desigualdade social, devemos combater o mal e trabalhar por um mundo mais justo para todos. Assim nasceu o Projeto Kiluba.

O Projeto Kiluba é voltado para o público infanto-juvenil e mulheres com seus direitos fundamentais violados ou ameaçados de lesão, tendo como objetivo o ensino de ofícios às mulheres assistidas por ONGs, projetos e parceiros. Esta atividade visa se tornar uma fonte de renda para as mesmas, além de agregar valor e gerar novas oportunidades.

O projeto acontece de maneira itinerante e contém aulas práticas (corte, costura, modelagem, crochê e artesanato) e conteúdo teórico (empreendedorismo, técnicas de vendas, gestão financeira e gestão de tempo).

 

INÍCIO

Maio de 2014, em Sofala, Moçambique.


OBJETIVOS

  • Empoderamento econômico;
  • Combate a desigualdade social e racial;
  • Fim da violência doméstica e sexual;
  • Elevação da autoestima feminina;
  • Geração de oportunidades;

ATIVIDADES DO PROJETO KILUBA

  1. Mutirões Kiluba

Os Mutirões Kiluba acontecem por todo o Brasil a fim de despertar o voluntariado e promover a conscientização sobre o direito de meninas e mulheres ao redor do mundo. Nos mutirões, os participantes contribuem com a montagem de bonecas e outras peças que são doadas em nossas atividades ou servirão de base para a montagem dos Ateliês Kiluba. O envolvimento em causas humanitárias abre horizontes em relação ao papel do ser humano como agente de transformação do meio em que vive.


2. Estande Kiluba

Venda sazonal de produtos produzidos por voluntários do Projeto Kiluba com 100% da renda destinados às atividades do Projeto.


3. Oficina Kiluba

As Oficinas Kiluba são desenvolvidas nas comunidades mais carentes do mundo, com o objetivo de oferecer a meninas e mulheres a vivência em matérias do corte, costura e artesanato, abrindo portas para fonte de renda, valorizando a auto estima e empoderando futuros. As escolas tem duração de 12 horas/aula em temas variados e através delas, talentos são conhecidos para a segunda fase, a Escola Kiluba.


4. Escola Kiluba

Após a participação em uma de nossas oficinas, alunas são selecionadas para aprofundarem seus conhecimentos e aptidões focando em uma das matérias. Assim, as inscritas das oficinas são divididas em turmas de Arte em Fuxico, Laços, Flores e Bonecas. As escolas tem duração de 40 horas/aula para cada tema e são certificadas. A partir da escola, mulheres são selecionadas para atuarem profissionalmente no Ateliê Kiluba.


5. Ateliê Kiluba

Montagem de Ateliês colaborativos para meninas e mulheres, com o objetivo de inseri-las no mercado de trabalho através da confecção de peças de artesanato. Todas as inscritas são auxiliadas com matéria-prima, mentoria e consultoria.


 

ÚLTIMA AÇÕES

Oficinas Kiluba em Angola, julho de 2018 –  Foram ministradas aulas de artesanato com feltro (chaveiros e acessórios), decoração de chinelos e artigos de decoração. Foram 8 turmas totalizando 492 alunas, das quais 45 foram selecionadas para continuar no projeto e atualmente estão praticando o conteúdo aprendido até a montagem de um ateliê, onde receberão apoio pra desenvolver os seus talentos e assim aumentar a renda familiar e oportunidades.

Mutirões Kiluba, de setembro a dezembro de 2018 Anápolis (GO), Brasília (DF), Goiânia (GO), Arraial do Cabo (RJ) e Cabo Frio (RJ).

Estande Kiluba, novembro e dezembro de 2018 – Anápolis (GO) no Brasil Park Shopping.

Oficinas Kiluba em Angola, janeiro de 2019 –  Em continuidade às atividades do mês de julho, 195 alunas participantes das oficinas foram matriculadas na Escola Kiluba em um dos cinco cursos disponíveis (Flores, Decoração, Arte em Fuxico, Bonecas, Laços e Turbantes) coom duração de 60h/aula. A partir do desempenho, habilidades e necessidades, 30 alunas foram selecionadas para trabalhar no Ateliê Kiluba, ganhando material para produção por 01 ano, que já está em Angola. Atualmente estamos trabalhando para a aquisição de 04 máquinas de costura (Cachiungo e Luanda) e gerador (Cachiungo) para início do Ateliê Kiluba. Enquanto isso, trabalhamos no aprimoramento das peças e pesquisa de canais de distribuição.

Oficinas Kiluba em Angola, março, junho outubro e novembro de 2019 – Oficinas de  artesanato ministradas pela equipe do Compaixão Angola, com foco em objetos de decoração e acessórios.


PRÓXIMAS AÇÕES

Escola e Ateliê Kiluba em Angola – Janeiro a junho de 2020;


COMO PARTICIPAR

  • Leve o Mutirão Kiluba para a sua cidade e ajude na produção de bonecas. Nos envie um e-mail para compaixaointernacional@gmail.com com o assunto ‘Convite Kiluba’.
  • Doe materiais de corte e costura.
  • Doe máquina de costura.

O QUE DOAR?

Aceitamos feltro, linhas, botões, agulhas, malhas, tesoura, alicates, pedrarias, elásticos, enchimentos, fitas de cetim, manta acrílica, manta de strass, verniz, cola, máquinas de costura e doações em dinheiro.


COMO SER UM PARCEIRO?

Escreva para compaixaointernacional@gmail.com; Em breve te responderemos!

 


COORDENAÇÃO

Cristiane Jayme – (62) 9 9227-9229